quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Entrevista com Vereadora Neusa Stoll (Feita em Novembro de 2008)



Neusa Stoll estréia na política



Neusa Stoll é a única mulher que se elegeu vereadora em Pomerode nas eleições desse ano. Ela obteve 409 votos. É funcionária pública da Secretaria da Saúde de Pomerode e inicia na vida política no próximo ano. A motivação dos colegas de trabalho e amigos fez com que Neusa se candidatasse e encarasse esse desafio. Ela diz que uma das razões que a levaram a entrar na política, foi a consciência de que só reclamar dos políticos não basta.
Sua filiação é recente, aqui em Pomerode, acontecida depois que começou a receber sugestões para se candidatar, do Deputado Gilmar Knaesel e da Vice Prefeita Ivone Spranger, mas já era filiada ao PSDB em Blumenau a dez anos.

PZ: Qual é a sua visão do atual governo de Pomerode?

Neusa: Esta é uma questão difícil de responder. Isso é mais ou menos como a Seleção Brasileira. Cada brasileiro é um técnico. Nessa multiplicidade de opiniões vemos que ninguém contenta a todos. O administrador público passa por avaliação idêntica. Para atender em maior amplitude os anseios do povo ele tem que filtrar as demandas e realizar as possíveis. E as que não foram realizadas continuam sendo as cobradas. É um rosário sem fim. Acho que o governo atual de Pomerode realizou o possível.

PZ: Qual é o seu projeto para ano que vem?

Neusa: Há muita coisa para ser feita. Entendo que ninguém é detentor da verdade quando se trata de uma representação pública. Por isso, meu projeto é ir buscar “in loco” as prioridades definidas pela sociedade e, com base nessas informações, estabelecer um plano de atuação que justifique a minha eleição perante aos que acreditaram na proposta de Trabalho e dedicação em busca da solução.

PZ: Você acha que as mulheres têm uma visão diferente dos problemas da cidade?

Neusa: Sim! As mulheres sempre terão uma visão diferente sobre os problemas da cidade. É próprio da psicologia feminina essa visão diferente. Enquanto o homem é prático nas avaliações que faz utilizando a sua visão de conjunto, a mulher é detalhista e busca as soluções em cima de objetivos definidos em cada caso. A visão da mulher é sempre mais voltada para soluções que levem em consideração o aspecto humano dos problemas.


PZ: Sobre as diferenças e preconceitos que as mulheres ainda enfrentam no poder, o que você tem a dizer sobre isso?

Neusa: Em Pomerode temos uma situação um pouco diferente em relação ao assunto. A comunidade já aprendeu a ver a participação da mulher na vida pública com bons olhos. Tanto é que tivemos e temos mulheres na chefia de diversas instâncias de governo, como o caso do Judiciário e do Executivo Municipal. Neste, aliás, as três últimas gestões tiveram a participação de mulheres com a prefeita Magrit Krueger, depois a vice-prefeita Ivone Spranger e agora a vice-prefeita Gladys Knaesel. As diferenças ficam por conta da falta de hábito da população em ver mulheres em postos-chave antes só ocupados por homens. É por assim dizer, uma reação de conseqüência cultural. Mas está mudando. Quanto ao preconceito, esse deve levar bem mais tempo para ser superado. E só evoluirá para melhor no dia em que os pais passarem uma educação adequada para os filhos, sem distinção entre homem e mulher quanto aos direitos humanos, às prerrogativas sociais e à capacidade intelectual.

PZ: Entre tantos vereadores homens, como você se sente em estar nesse meio, onde a participação das mulheres é pouca?

Neusa: Sinto-me bem. Não sei como os homens se sentem. Entendo que o representante legislativo tem muito a fazer pela comunidade, independente do fato de ser homem ou mulher. Pelo contrário: na soma das diferenças, em que o homem é prático e objetivo, e a mulher vai aos detalhes e é humanista, podem ser encontradas soluções bem mais completas, que talvez não fossem possíveis com a predominância de uma das tendências psicológicas de cada sexo.

PZ: Como você vê a situação das pessoas carentes do Município?

Neusa: Não é só no município. As pessoas carentes sempre me chamaram a atenção e me preocupam exatamente por viverem uma situação de exclusão. Pomerode faz a sua parte e nós vamos avaliar a possibilidade de fazer mais ainda, através da contribuição de idéias, projetos e sugestões da Câmara de Vereadores, para encontrar meios de minimizar a carência através da inclusão social. Costumo dizer que a maior carência das pessoas não é a falta de bens materiais e sim a falta de condições para lutarem por si mesmas.

PZ: Você trabalha na área da saúde, como você vê a saúde em Pomerode, quais são os pontos mais críticos e o que ainda precisa ser feito para melhoria?

Neusa: A área da saúde em Pomerode tem sido reconhecida como uma das mais atuantes no Estado. Serve inclusive de modelo para muitos outros municípios a partir de informações repassadas por órgãos gestores de nível estadual. Isto, contudo não quer dizer que estejamos isentos de deficiências. Elas existem a partir da falta de implementação de alguns programas do SUS, que acredito serão solucionados ao longo do tempo. É claro que isto não serve ao imediatismo das pessoas que necessitam de atendimento, nem servem de consolo para os que atuam na área. Mas é alentador sabermos que estamos fazendo bem a nossa parte dentro das condições à nossa disposição. Sempre há o que ser feito para melhorar qualquer programa de trabalho, em qualquer setor. Na saúde não é diferente. Mas é uma questão a ser debatida “interna corporis” entre os futuros administradores, para a qual tenho muita contribuição a dar em função da experiência já acumulada no setor.

PZ: A educação é hoje prioridade em todo o Brasil. Como você vê a educação no nosso município?

Neusa: Pomerode tem tradição na área da educação. Faz muito tempo que ouço referências elogiosas para o sistema aplicado em Pomerode e pela valorização dos profissionais da educação. Salvo constatação diferente que venha a fazer no exercício do mandato, vejo Pomerode a caminho da adequação dos seus programas ao que é preconizado pelo Ministério da Educação, sempre com estilo próprio e dedicação do magistério, educadores e comandantes do processo.

PZ: Cada vereador (a) tem as suas idéias e o seu ponto de vista que deve ser aproveitado e respeitado. Como você vê tantas idéias sendo desperdiçadas, muitas vezes por falta de recursos, ou por descaso do Poder Executivo?

Neusa: Qualquer boa idéia desperdiçada é retrocesso. É tão comum hoje sabermos que é preciso “andar para frente”, que uma boa idéia não levada em consideração, não aproveitada, não transformada em realização, já não é uma idéia abandonada e sim uma causa para retrocesso. O que acontece é que muitas vezes as idéias brotam de vertentes político-partidárias não afinadas com este ou aquele Executivo e aí caem no esquecimento. Mas isto sempre foi, é e será condenável toda vez que resultar em prejuízo para a comunidade.

Gostaria de fazer uma exortação aos vereadores reeleitos e aos novos eleitos para estrearmos a nova legislatura mais concentrados nas necessidades e soluções buscadas pela comunidade do que de olho em interesses político-partidários. Estes são subalternos em relação ao que a população de Pomerode espera de nós.
E é para o atendimento das suas aspirações que fomos eleitos como seus representantes e não, apenas, como representantes de partidos políticos. Nessa linha de conduta é certo que chegaremos ao final do mandato, que se inicia em janeiro, cumprindo o que o povo espera de nós.
E agradeço ao Jornal por abrir este espaço para nós Vereadores colocarmos nossas idéias mais próximas dos eleitores, enfim, de toda população pomerodense.

Um comentário:

automovilismo disse...

Estuve leyendo tu blog y me párese bueno por que tiene un tema muy copado. les comento que mi blog esta dirigido al publico nuevo en el mundo de los blog es por eso que tiene por ejemplo , que es adsense , como desarrollar un blog, como pocisionar mi blog en Google, como ganar dinero con adsense ,SEO y por supuesto entretenimiento con you tube online etc. No duden en visitarme.

http://lomascodiciadodelplaneta.blogspot.com


Mi otro blog contiene fotos de todo el mundo y sirve para despejarse un poco, fotos de NY, Paris , África, America , Nebraska, Las Vegas etc. visítenme.

http://postalesplanet.blogspot.com